Notícias

06/12/2018
Gestão de fretes

​Plataforma Everlog leva confiabilidade no transporte e segurança no frete a embarcadores

Foto: Imprensa CNT


Evitar cobranças irregulares de transportes não realizados, cobranças duplicadas ou com valores indevidos, além de reduzir o risco fiscal e possibilitar um maior controle do frete. Essa é a solução trazida pela Everlog, startup especializada em gestão de frete para o embarcador, que foi uma das cinco vencedoras do Conecta - Programa de Impulso a Startups, realizado pela CNT (Confederação Nacional do Transporte) e pelo BMG UpTech, em parceria com a FDC (Fundação Dom Cabral), a Nxtp.Labs e a Bossa Nova Investimentos.

A Everlog tem como missão unir o outsourcing (terceirização) com a tecnologia em TMS (Transportation Management System) para integrar processos e tecnologia. Isso faz com que o embarcador reduza custos, por exemplo, com a contratação de fretes, e aumente a visibilidade operacional das entregas.

O CEO da startup, Rodrigo Favero, diz que a Everlog é uma solução de gestão de frete focada no embarcador. “Nossa missão é garantir que todos os pagamentos que o embarcador faça para a transportadora sejam feitos de forma correta e sem nenhum tipo de erro ou cobrança indevida. Levamos, com isso, à diminuição no custo do frete, além de possibilitarmos uma visibilidade maior dos dados da operação.” A metodologia, segundo ele, é adaptada ao perfil de cada cliente”, conclui.

Assim como as outras startups que chegaram à última fase do Conecta, a Everlog também já está presente no setor de transporte. A empresa fez uma parceria com a Save Logistics, empresa no segmento de logística de transporte nacional e internacional de mercadorias do transporte ferroviário, aéreo e rodoviário. Com a parceria, a Everlog conseguiu solucionar a questão da Save, que começou a realizar as auditorias de frete caso a caso, identificando as cobranças indevidas que causavam custos para a operação.​ 

Quer conhecer as novas tecnologias para o setor de transporte impulsionadas pelo programa? É só clicar aqui e acessar o site do Conecta​​





Carlos Teixeira
Agência CNT de Notícias