A diretora executiva nacional do SEST SENAT, Nicole Goulart, participou, nesta quinta-feira (17), do painel “Infraestrutura Sustentável na Saúde” durante o Fórum de Integração Brasil Europa. O evento, organizado pelo Fibe (Fórum de Integração Brasil Europa), em parceria com o IDP (Instituto Brasileiro de Ensino, Desenvolvimento e Pesquisa) e com a FGV Conhecimento (Fundação Getulio Vargas), é realizado em Portugal, no Centro Científico e Cultural de Macau, em Lisboa.

Considerando que a saúde é um componente fundamental para a sustentabilidade de uma nação e, sob a ótica do conceito de ESG (Social, Ambiental e Governança), foram debatidas, neste painel, questões relacionadas à judicialização, à regulação e à eficiência da governança em saúde no Brasil.

Na ocasião, a diretora ressaltou o empenho do SEST SENAT em prol da promoção e da prevenção da saúde dos trabalhadores do transporte, dos empregadores e da sociedade em geral, por meio dos atendimentos em odontologia, psicologia, fisioterapia e nutrição.

“Quando a gente fala da importância da atuação da promoção e prevenção da saúde, o nosso grande objetivo é desonerar o Sistema Único de Saúde. Dados do Ministério da Saúde trazem que 80% das emergências das unidades básicas não são emergências, ou seja, não precisavam estar ali e poderiam ser tratadas previamente. A nossa missão é atuar paralelamente ao estado para que a gente consiga otimizar a utilização dos recursos”, completou.

Nicole Goulart também destacou que, nos últimos três anos, em todo o país, o SEST SENAT realizou 15 milhões de atendimentos apenas na área de saúde. “O nosso grande objetivo é contribuir para que as empresas tenham trabalhadores saudáveis física e mentalmente, o que se alinha à agenda ESG, considerando que o maior capital que um empresário pode ter é o capital humano”, afirmou.

Também participaram do painel: Antonio Saldanha Palheiro, ministro do Superior Tribunal de Justiça do Brasil e Coordenador Acadêmico da FGV Conhecimento; Paulo Rebello, diretor-presidente da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar do Brasil); e Caetano Fonseca, desembargador do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro.

A moderação do painel foi feita por Ricardo Couto, desembargador do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro e coordenador acadêmico da FGV Conhecimento, que destacou que a saúde se liga diretamente à ideia de infraestrutura e sustentabilidade. “Quando falamos de saneamento ou infraestrutura sustentável, estamos falando de saúde”, enfatizou.

O tema dessa edição do Fórum de Integração Brasil Europa é “O Futuro dos Investimentos em Infraestrutura”, que visa analisar o atual cenário, pensar alternativas e desenhar soluções que levem o Brasil a atingir o objetivo de voltar a crescer. O evento, que conta com a participação do presidente do Sistema CNT, Vander Costa, continua nessa sexta-feira (18).

Veja como foi a abertura do Fórum aqui.

CNT - Confederação Nacional do Transporte

SAUS Q.1 - Bloco J - Entradas 10 e 20
Ed. Clésio Andrade - CEP: 70070-944 - Brasília - DF
Fale Conosco: (61) 2196 5700

©2021 - Confederação Nacional do Transporte