Nesta sexta-feira (22), o presidente da CNT, Vander Costa, reuniu-se com Bruno Pessanha Negris, diretor do Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) e presidente da Cotepe/ICMS (Comissão Técnica Permanente do ICMS). 

Eles discutiram a expedição de um convênio Confaz que autorizaria os estados a dispensarem ou reduzirem juros e multas mediante o parcelamento de débitos fiscais relacionados ao ICMS – vencidos e/ou que venham a expirar até 31 de dezembro deste ano. 

A medida se justifica em função do impacto da pandemia do novo coronavírus e teria caráter emergencial de flexibilização tributária e fiscal e de socorro econômico-financeiro às empresas.

CNT - Confederação Nacional do Transporte

SAUS Q.1 - Bloco J - Entradas 10 e 20
Ed. Clésio Andrade - CEP: 70070-944 - Brasília - DF
Fale Conosco: (61) 2196 5700

© 2019 - Confederação Nacional do Transporte