O presidente da CNT, Vander Costa, se reuniu nesta terça-feira (22), em Brasília, com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM/AP) e os senadores Rodrigo Pacheco (DEM/MG), Eduardo Gomes (MDB/TO) e Wellington Fagundes (PL/MT) para debater temas relevantes para o fortalecimento do setor de transporte no país.

Durante o encontro, foram discutidas questões como a prioridade de investimentos no transporte em 2021 e projetos de lei que fomentem a competitividade do setor. Na oportunidade, o presidente da CNT, Vander Costa, ressaltou a importância da derrubada do veto presidencial ao projeto de lei n.º 3.364/20, que cria o auxílio emergencial de R$ 4 bilhões para sistemas de transporte em cidades com mais de 200 mil habitantes.

Para a Confederação, o veto compromete a sustentabilidade dos sistemas e coloca em risco milhares de empregos diretos e indiretos. O transporte coletivo urbano de passageiros é um dos setores que mais tem sofrido os efeitos da crise provocada pela pandemia da covid-19 e sem o socorro financeiro, os transportadores terão dificuldades também para garantir o preço atual das tarifas, onerando, assim, a população mais carente, que é a maior dependente dos sistemas de transporte público do país.

O secretário de Transportes do Distrito Federal, Valter Casemiro, também participou do encontro e reforçou a importância do auxílio para a manutenção das operações do transporte de passageiros nas cidades com segurança.

CNT - Confederação Nacional do Transporte

SAUS Q.1 - Bloco J - Entradas 10 e 20
Ed. Clésio Andrade - CEP: 70070-944 - Brasília - DF
Fale Conosco: (61) 2196 5700

©2021 - Confederação Nacional do Transporte